segunda-feira, 21 de maio de 2012

Boas vindas ao inverno!

Conforme a temperatura diminui, a vontade de comer coisas quentinhas e mais pesadas aumenta. Enquanto no verão viver com um grelhado e uma saladinha é lugar comum, no inverno isso não basta. Parece que o corpo grita por uma comida mais encorpada e, é claro, calórica. O inverno é época de fondues, caldos, e  feijoada. Das massas, risotos, queijos e vinhos. E o que dizer sobre as guloseimas das festas juninas? Por isso, o período entre o início do outono e o final do inverno (que no Brasil é muito difícil de se determinar) é o ideal para invencionices culinárias. Do espaguete com frutos do mar à polenta com molho de linguiça calabresa, tudo cai bem. Menos salada. E o projeto verão fica para o início da primavera!