terça-feira, 4 de setembro de 2012

Cheeseburguer de queijo gruyére e cebola caramelizada

O legal de fazer hambuguer em casa é que ele pode ser totalmente personalizado. Da carne aos acompanhamentos, tudo pode ser escolhido a dedo e empilhado de acordo com a preferência de cada um. Eu fiz o meu de carne moída mesmo e escolhi o pão francês como suporte. Para enchê-lo, usei queijo gruyere, alface e cebola caramelizada. Para fazer o hamburguer, temperei meio quilo de carne moída com sal, pimenta do reino e meia cebola bem picadinha e amassei bem com as mãos. Adicionei 1 colher de sopa de farinha de trigo e amassei mais um pouco, até a mistura ficar bem homogênea. Separei porções média da carne e moldei o hambúrguer meio oval, no formato do pão francês. Rendeu 5 hambúrgueres. Para a cebola caramelizada, cozinhei 2 colheres de sopa de açúcar em uma frigideira até derreter e depois adicionei meia xícara de água e uma cebola fatiada. Deixei cozinhar, mexendo sempre, até a cebola ficar bem macia e marrom. Reservei. O Julio foi responsável pelo resto. Ele fritou os hambúrgueres numa frigideira média com óleo em spray e um pouco de água. Deixou cozinhar durante uns 2 minutos com tampa, depois tirou a tampa e deixou a carne fritar mais 1 minuto de cada lado. Quando ela estava quase no ponto, ele colocou 5 fatias pequenas de queijo gruyére em cima de cada hambúrguer e tampou a frigideira novamente, para o queijo derreter. Quando isso aconteceu, bastou colocar tudo no pão! Além do hambúrguer e da cebola, o meu levou um pouco de maionese e alface e o do Julio, pasta de gorgonzola e alface. Lembra do cachorro do Pepe Legal, que se abraçava e flutuava depois de comer um biscoitinho? Tivemos a mesma sensação com o nosso sanduba!

Ficaram bonitos...

e suculentos!