segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Jambalaya

Fiz esse prato típico da Luisiana há uns 10 dias, para receber a ilustre visita da minha mamãe Rita e do Peter e só estou publicando agora por pura preguiça. Na minha cabeça, eram tantos ingredientes e detalhes que pensar em escrever a receita me fazia desistir. Eis que na noite chuvosa da última sexta me enchi de razão pelo menos pra começar a escrever. A inspiração para a finalização só veio hoje. O Jambalaya é basicamente um "risoto" de camarão, carne de porco e frango com um tempero canjun (povo antigo da região da Luisiana). Peguei uma receita na Internet e adaptei de uma forma que fizesse mais sentido para mim. Deu certo, mas nem tanto. Mais tarde descobri, pela minha mãe mesmo, que comeu o prato in loco, que o original não leva tomate. Enfim, era o que tínhamos para o dia...rs Então vamos lá! Temperei 300 gramas de camarão com sal e limão e reservei. Cortei em cubos a mesma quantidade de filé de frango e de lombo, temperei com sal, limão, pimenta do reino e alho e reservei também. Em uma panela grande, fritei bem duas xícaras de bacon e depois adicionei 1 xícara de alho picado, uma cebola picada de forma grosseira, meio pimentão amarelo, meio pimentão verde e meio pimentão vermelho e cozinhei, mexendo de vez em quando, até ficaram macios. Juntei o frango, o lombo e uma linguiça calabresa fatiada nesse refogado e deixei cozinhar por cerca de 10 minutos. Adicionei uma lata de tomate sem pele e o tempero canjun (feito com alho triturado, pimenta moída branca, pimenta moída preta, pimenta caiena, pimenta calabresa, tomilho seco, orégano seco, páprica picante, canela em pó, chilli em pó, estragão seco e sal - uma colher de cada) e misturei bem. Por fim, juntei a esse monte de coisa na panela duas xícaras de arroz, o camarão e algumas folhas de louro e deixei cozinhar por uns 5 minutos, mexendo sempre. Tampei a panela e deixei no fogo baixo por mais 15 minutos ou até o arroz terminar de cozinhar (se secar muito, acrescente um pouco de água). E só! Olha que nem foi complicado quanto parecia! E nem precisou de acompanhamento! Agora só falta tentar a receita original!

Gente, esqueci de tirar foto do prato!

Então tive que reproduzir depois!