terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Hambúrguer de carne de verdade

Uma das coisas que mais ouço quando o assunto é alimentação do dia a dia é que é impossível encarar a cozinha depois de um longo dia de trabalho. É claro que eu sempre discordo. Com um pouco (muito pouco mesmo) de disposição, é possível preparar em minutos uma refeição saborosa. Quem costuma visitar este blog sabe que isso é verdade. Raras são as vezes que eu passo horas na cozinha durante a semana e não é por isso que deixo de comer bem. Outra razão para eu vencer a tentação de comprar alguma coisa pronta no mercado, é que eu ando cada vez com mais repulsa a alimentos industrializados. São uma enganação. Aquele hambúrguer suculento que você vê na embalagem, por exemplo, vira uma coisa mirrada e sem graça quando sai da frigideira. Fora os ingredientes: carne bovina, água, gordura bovina, proteína texturizada de soja, gordura vegetal hidrogenada, maltodextrina, sal, condimentos naturais, pimenta, proteína vegetal hidrolisada, regulador de acidez lactato de sódio (INS 325), estabilizante polifosfato de sódio (INS 452i), realçador de sabor glutamato de monossódico (INS 621), antioxidante eritorbato de sódio (INS 316), corante vermelho de beterraba (INS 162) e aromas naturais. Sinceramente, eu tenho medo! Por isso, faço questão de preparar a minha comida fresquinha quase todas as noites, como esse hambúrguer verdadeiramente suculento, de carne de verdade, aroma de verdade e tempero de verdade. Triturei no mixer 1/2 cebola e dois dentes de alho e transferi para um tigela. Juntei cerca de 1/2 quilo de patinho moído, dois raminhos de tomilho fresco, 1/2 colher de chá de gengibre ralado, sal e pimenta do reino. Misturei todos os ingredientes e amassei bem com as mãos, até formar uma massa homogênea. Fiz 4 hambúrgueres, com a ajuda de um cortador de massa redondo: fui colocando a carne dentro deles e amassando, até ficar da espessura que eu queria (bem gordinhos). Fritei os hambúrgueres em uma bistequeira com um fio de azeite por cerca de 2 minutos cada lado, até ficarem dourados por fora e rosados por dentro. A partir daí, dá para montar o sanduíche que você quiser!