sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Picadinho de filé mignon

Alguém lá pensa em filé mignon quanto se fala em picadinho? Eu, sinceramente, não. Acho o ingrediente nobre demais para esse fim. Mas eu tinha alguns filezinhos em casa e os manjados grelhados e estrogonofe estavam fora de cogitação. Pra falar verdade, queria fazer alguma coisa diferente, para poder contar pra vocês :).

Então peguei essa receita maravilhosa no site Panelinha, da diva Rita Lobo, e segui passo a passo (ou mais ou menos) e o resultado foi esse prato maravilhoso, riquíssimo em termos de sabor e bem bonitão! 

A preparação é relativamente complexa, ao contrário das gororobas que eu costumo fazer aqui. Então, pra você não errar, vou falar primeiro do que você precisará e depois como eu fiz. Coisa nunca vista neste blog: lista de ingredientes (morram!). 

4 xícaras de água fervida, 1/2 quilo de filé mignon cortado em cubos, 1 cebola média picada, 2 dentes de alho laminados, 2 colheres de sopa de farinha de trigo, 50 gramas de bacon em cubinhos, 1/4 de xícara de extrato de tomate (eu fiz com os tomates quase vencidos que estavam na minha geladeira: lavei e cortei em cubos 4 tomates italianos e cozinhei com 1 copo americano de água até desmancharem. Depois, usei o mixer para esmagar tudo. Não precisou nem coar),  suco de 1 limão, salsinha, sal e pimenta do reino. Tendo tudo isso em mãos - melhor separar antes - vamos à receita! 

Coloquei o filé mignon em uma tigela e salpiquei farinha (ajuda a engrossar o molho). Selei a carne, um pouco de cada vez, em uma panela grande com azeite, até todos os lados ficarem dourados. Fui temperando com sal e pimenta do reino a cada leva de filé. Se precisar, adicione mais azeite entre uma leva e outra. Na mesma panela, adicionei 1 xícara de chá de água quente e o suco de limão e raspei o fundo com uma colher de pau. Coloquei esse líquido na tigela da carne (coado). Coloquei a panela de volta no fogo e fritei o bacon em cubos até ficar bem dourado. Acrescentei a cebola e refoguei até ficar transparente e depois adicionei  o alho e fritei até começar a ficar dourado. Acrescentei o extrato de tomate, a carne com o caldo e mais 1 xícara de água quente. Misturei tudo e deixei mais 10 minutos no fogo baixo. Coloquei em um refratário e salpiquei salsinha. Para acompanhar, nada melhor do que um arroz branco. Simplicidade pura!


Filé mignon não tem erro, é verdade.
Mas esse prato é um dos mais gostosos
que já preparei com o ingrediente  até hoje!