quinta-feira, 26 de abril de 2012

Dias corridos = improviso!

Essa semana foi (tá sendo) osso. Nada de cervejinha na varanda. Nada de horas na cozinha. Nada além de horas e horas de trabalho, no escritório e em casa. No meio dessa correria, até que consegui ter inspiração e pique pra inventar uma coisa ou outra, bem simples. A primeira regra quando a intenção é fazer um prato rápido é explorar a geladeira e planejar o prato com base no que tem lá dentro. O que acontece comigo é que eu pulo a fase do planejamento - vou pegando o que tem e os possíveis pratos vão surgindo na cabeça. Muitas vezes, começo a cozinhar pensando em uma coisa e vou mudando de ideia no meio do caminho.  Ou simplesmente começo a cortar, refogar e o prato vai tomando corpo no meio do processo. O que importa é que sempre fica bom (leia-se: dá pra comer). Segunda-feira a bóia foi bem simples. Peguei uma abobrinha, um pimentão e dois tomates e fatiei tudo verticalmente. Temperei só com sal e fritei com um fio de azeite na bistequeira (para dar aquela impressão de que os legumes foram grelhados). "Grelhei" cada legume separadamente, regando com um pouco de molho shoyo no meio do caminho. As fatias de pimentão e abobrinha devem ter ficado cerca de cinco minutos no fogo (cada lado) e as de tomate apenas um minuto (não precisa virar). Depois de prontos, juntei os legumes em um recipiente e adicionei mais um pouco de azeite e pimenta do reino. Reservei. Temperei dois bifes de contra filé com sal e pimenta e fritei na mesma bistequeira (limpa), com um pouco de óleo em spray. Para acompanhar, o arroz de domingo fez bonito com a cenoura ralada de outrora! 

O contra filé com arroz e legumes de segunda...