quarta-feira, 27 de junho de 2012

Cardápio para dias de jogo

Tem que ser rápido para fazer e fácil de comer, porque ninguém merece estar esquentando a pochete no fogão quando o juiz apita o início do jogo (muito menos uma corintiana roxa como eu) e porque é impossível comer qualquer coisa que exija muita atenção. Corre-se o risco de ir tudo para os ares. Há quem prefira encomendar uma pizza, para poupar trabalho, mas eu acho extremamente perigoso ter alguma coisa no colo ou nas mãos num momento como esse. Sentar-se à mesa então, nem pensar! Ou quem pode dançar é a própria mesa. Que o diga o meu querido amigo Hugo que, na semifinal do Brasileiro de 2001 entre Corinthians e Santos,  atropelou a mesa de centro de vidro da casa da Rita, e quase caiu em cima da mesma, durante seu trajeto em direção à varanda para soltar o primeiro "chupa" após gol do Ricardinho aos 47:30 do segundo tempo. Então, melhor não arriscar. Amendoins, picles, azeitonas, patês e torradas são uma ótima pedida. Pra complementar, acho legal servir uns mini sanduíches ou tortas. Para acompanhar, nada melhor que a boa e velha cerveja, de preferência na lata. O máximo que vai acontecer é molhar o chão, o que, nessa altura do campeonato (em todos os sentidos), não vai importar muito!