segunda-feira, 21 de março de 2016

Pratos irlandeses: Sheperd's Pie e Dublin Coddle

O que vem à sua mente quando você pensa em St. Patrick's Day? Cerveja verde? Irish coffee? Guinness? Pubs? Bom, à minha, vem comida, aliás, como sempre. Se ir pra a cozinha preparar uma coisa qualquer já me deixa feliz, quando tenho uma desculpa pra fazer um prato diferente e reunir a família e os amigos para provar é a glória! Então, nada mais justo do que cozinhar umas comidinhas Irish para comemorar o St. Patrick's Day de um jeito diferente. Não que a gente tenha que comemorar (afinal, não faz parte da nossa cultura), mas quem é que dispensa um bom motivo (ou desculpa?) para festejar? Escolhi um prato bem popular, a Shepherd's Pie, que é um tipo de escondidinho de carne de carneiro com legumes coberto com purê de batata, e outro nem tanto, o Dublin Coddle, que é um mexidão de linguiça, cebola, batata e caldo de carne. Huuummm, só de pensar dá água na boca! Comida suculenta e extremamente aconchegante. Adoro! E de baixo custo! Adoro mais ainda! Cozinhei cerca de 5 kg de batata inglesa em água e sal. Com uma parte, eu fiz um purê, amassando a batata e misturando 2 colheres de manteiga e 1 caixinha de creme de leite. Deixei no fogo uns 5 minutos, mexendo sempre. Reservei. Em uma panela grande, fritei 1 cebola média e 2 alhos laminados em um pouco de óleo de milho. Quando começaram a ficar dourados, juntei 1 1/2 kg de carne moída (de boi mesmo, porque a de carneiro é cara e difícil de encontrar), temperei com sal, pimenta do reino e 2 galhinhos de tomilho e deixei cozinhar, mexendo sempre até a carne ficar bem soltinha. Juntei 1 cenoura cortada em bastonetes médios, 1 lata de ervilha, 1 colher de sopa rasa de páprica picante, 1 colher de café de canela em pó, 1 xícara de leite e 1 colher de sopa de farinha de trigo. Misturei bem e deixei no fogo médio durante uns 15 minutos para apurar o sabor e cozinhar a cenoura. Coloquei a carne em um refratário médio, cobri com o purê de batata e levei ao forno alto por 15 minutos. O certo é deixar até o purê ficar bem dourado, mas como meu forno não tem gratinador (amoooor, quero um fogão novo!!!), levaria uma eternidade! Então, usei o maçarico para deixar o purê mais coradinho. Essa foi a Shepherd's Pie (que você vê na foto abaixo)!

Miam, miam!
O toque brasileiro
não poderia faltar!

Existem incontáveis receitas de Dublin Coddle. Eu fiz assim (fácil, fácil): fritei 400 gramas de salsichinhas defumadas cortadas ao meio, longitudinalmente, em um fio de óleo de milho até ficarem douradas. Na gordura da linguiça, fritei 1 cebola amarela e 1/2 cebola roxa fatiadas. Cortei 5 batatas médias em rodelas, misturei com a cebola e as linguiças e temperei com sal e pimenta do reino. A receita original pede para despejar 1/2 litro de caldo de carne em cima de tudo e levar ao forno por mais uns 10 minutos. Pulei essa parte porque não tinha caldo pronto e fazer levaria outra eternidade. Não! O próximo passo foi ocupar um lugar à mesa e degustar essas delícias com uma cervejinha na mão e boa companhia ao redor, o que torna tudo mais gosto!

Miam, miam 2. :)